24 janeiro 2019

Curiosidades e fofocas literárias no livro "História bizarra da literatura brasileira"


Escrita pelo jornalista e mestre em comunicação Marcel Verrumo, "História bizarra da literatura brasileira" é uma obra que caminha por todas as Eras Históricas do nosso país, abordando como se constituiu a literatura naqueles tempos. Recebi esse livro da Editora Planeta, ainda no ano passado, com intuito de ler e resenhar para vocês. Como um bom fã da disciplina História, que é uma matéria completamente relacionada com a literatura, o livro logo me cativou só por sua premissa. Começando com o Brasil Colonial, acompanhamos como foi a primeira produção literária em nossas terras. A carta de Pero Vaz de Caminha consegue nos relevar muito mais curiosidades do que imaginamos. Verrumo, dessa forma, consegue destrinchar o impacto que uma carta teve principalmente em Portugal, além de fazer abordagens a conhecimentos históricos já conhecidos.

Dessa forma, o livro segue comentando sobre diversos nomes importantíssimos para nossa literatura. Padre Anchieta e seus discursos evangelizadores, a chegada da Família Real no Brasil e seu impacto cultural, escritores abolicionistas (e também aqueles que eram a favor que a escravidão se mantivesse), movimentos republicanos, etc... Um dos pontos positivos dessa obra é uma análise completamente atual sobre acontecimentos passados, trazendo, à medida do possível, grandes nomes que foram esquecidos com o passar dos anos. Como por exemplo, o livro contém um capítulo inteiro dedicado a primeira escritora feminista, ao primeiro romance LGBT e também ao movimento negro.


Ficha técnica:
Título: História bizarra da literatura brasileira
Autor: Marcel Verrumo
Páginas: 328
Edição: 1ª
Tipo de capa: Brochura
Editora: Planeta


Outro ponto que não poderia deixar de citar são as inúmeras referências, citações e indicações de livros que Marcel Verrumo deixa ao decorrer do livro. Durante minha leitura, resolvi ir marcando com um post-it somente os livros e autores que eu gostaria de ler futuramente e, no final, havia feito mais de 20 marcações. Além disso, no final de cada página ele costuma deixar estudos e teses que comprovam o que foi dito ali, ou seja, por mais que o fato sobre determinado autor pareça extremamente bizarro, há um grande estudo por trás comprovando isso. E ele deixa tudo ali, prontinho para você conferir.

"História bizarra da literatura brasileira" por mais que as vezes parece dramatizar alguns fatos para soar mais interessantes e empolgantes, é uma obra que não pretendo descartar da minha estante. Como um bom leitor, acho extremamente importante um conhecimento amplo da literatura nacional, e não há forma mais dinâmica, divertida e engraçada que a dica que estou trazendo hoje para vocês. Devorem!


Nenhum comentário:

Postar um comentário